Santuário de Fátima

Santuário de Lourdes

13 de outubro - Paróquia de Santo Amaro

A oração do terço no Santuário de Fátima

 

     Em Fátima, Nossa Senhora pediu insistentemente aos pastorinhos que rezassem o terço todos os dias, oferecendo a oração pela paz no mundo. A oração do rosário marca o ritmo orante do Santuário de Fátima desde a sua génese e continua a dar voz às preces dos peregrinos que, pela meditação dos mistérios da vida de Cristo, com ele se vão configurando, na companhia da Virgem Mãe.

 

     De segunda a sexta-feira, a recitação do terço realizada na Capelinha das Aparições às 18h30 tem transmissão em direto pela Rádio Renascença, pela Rádio SIM, pelas TV e Rádio Canção Nova e pela Telepace. Ao sábado e ao domingo, é transmitida pela Rádio SIM.

 

Como se reza o terço?

No início da oração

(Com o sinal da cruz:)
Deus vinde em nosso auxílio. / Senhor, socorrei-nos e salvai-nos.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. / Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.
 

Em cada dezena

Enunciação e meditação do Mistério da vida de Cristo
+
Pai Nosso
+
10 Ave-Marias
+
Doxologia (Glória) e Jaculatórias:
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. / Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.

Ó Maria concebida sem pecado, / rogai por nós que recorremos a vós.

Ó meu Jesus, perdoai-nos e livrai-nos do fogo do inferno; / Levai as almas todas para o Céu, principalmente as que mais precisarem.
 

No final da oração

3 Ave-Marias
+
Salve-Rainha
 

Mistérios

A cada dia da semana correspondem os diferentes mistérios da vida de Cristo:

  • Domingo e quarta-feira: Mistérios da Glória (ou gloriosos)

  • Segunda-feira e sábado: Mistérios da Alegria (ou gozosos)

  • Terça-feira e sexta-feira: Mistérios da Dor (ou dolorosos)

  • Quinta-feira: Mistérios da Luz (ou luminosos)

Mistérios da Alegria

1.º Mistério | A anunciação do Anjo a Nossa Senhora (Lc 1,26-38)

2.º Mistério | A visitação de Nossa Senhora a Santa Isabel (Lc 1,39-56)

3.º Mistério | O nascimento de Jesus em Belém (Lc 2,1-20)

4.º Mistério | A apresentação do Menino Jesus no Templo (Lc 2,22-38)

5.º Mistério | O encontro do Menino Jesus no Templo entre os Doutores (Lc 2,41-50)

Mistérios da Luz

1.º Mistério | O batismo de Jesus no Rio Jordão (Mt 3,13-17)

2.º Mistério | A revelação de Jesus nas Bodas de Caná (Jo 2,1-11)

3.º Mistério | O anúncio do Reino de Deus com o convite à conversão (Mc 1,14-15)

4.º Mistério | A transfiguração do Senhor (Lc 9,28-36)

5.º Mistério | A instituição da Eucaristia (Lc 22,14-20)

Mistérios da Dor

1.º Mistério | A agonia de Jesus no Jardim das Oliveiras (Mt 26,36-46)

2.º Mistério | A flagelação de Jesus (Mt 27,24-26)

3.º Mistério | A coroação de espinhos (Mt 27,27-31)

4.º Mistério | Jesus a caminho do Calvário e o encontro com sua Mãe (Lc 23,26-32)

5.º Mistério | A crucificação e morte de Jesus (Jo 19,17-30)

Mistérios da Glória

1.º Mistério | A ressurreição de Jesus (Mt 28,1-10)

2.º Mistério | A ascensão de Jesus ao Céu (Act 1,6-11)

3.º Mistério | A descida do Espírito Santo sobre Nossa Senhora e os Apóstolos (Act 1,12-14 e 2,1-4)

4.º Mistério | A assunção de Nossa Senhora (Lc 1,48-49)

5.º Mistério | A coroação de Nossa Senhora como Rainha dos Anjos e dos Santos (Ap 12,1-17)

Rosário

      A Senhora do Rosário não se cansará de pedir aos pastorinhos que «rezem o terço todos os dias». A razão da insistência nesta oração aponta para o núcleo da mensagem de Fátima que é evocado precisamente nas contas dos mistérios do rosário: Fátima recorda o rosto bíblico de um Deus com entranhas de misericórdia (Jer 4,19) que vem ao encontro do homem, sedento de o resgatar para a alegria plena; assim também a oração do rosário nos centra nessa promessa definitiva do triunfo da misericórdia que a vida de Cristo, evocada nos mistérios do terço, veio inaugurar.

      Pedido em todas as aparições de Nossa Senhora – como já os primeiros interrogatórios aos videntes deixam perceber –, o terço é a oração aprendida na escola de Maria. Educa-nos na humildade da fé, ao estilo dessa mulher única que, com o seu fiat, fez da sua vida dom, e que conservava cada gesto, cada palavra de Jesus, «ponderando-as no seu coração» (Lc 2,19). Meditar os mistérios da vida de Cristo, ao jeito de Maria, é deixar-se moldar pela presença de Deus, tal como ela o fez. Abrindo com a doxologia à Santíssima Trindade – isto é, colocando-nos no horizonte da adoração a Deus –, é a obra redentora de Cristo que se torna manifesta no rosário.

  • Facebook Clean Grey

© Paróquia de Santo Amaro - Pe. Ignácio F. Rodrigues